Imagem é tudo, e precisamos aceitar isso

Não sei se há lado bom da ansiedade, mas considero produtivo usar a busca pelo controle de tudo para o que diz respeito a mim mesma. Como a vida profissional é um mar imprevisível, ora a gente está na crista da onda, ora a gente é engolida por ela, decidi me preparar em diferentes frentes.

Uma delas é a docência. Tenho como uma  perspectiva possível dar aulas de jornalismo no ensino superior. Com tantos profissionais excelentes no mercado, o doutorado é o que considero o mínimo para me tornar competitiva também.

Dei início a esse projeto frequentando aulas como ouvinte no Póscom/UFBA, onde conquistei meu título de mestrado em 2020. Na semana passada, discutíamos a credibilidade no jornalismo e uma passagem do texto muito me chamou a atenção: a gente avalia a confiança em alguém pelos detalhes. 

A roupa, a postura, a atitude, a escolha de palavras, os conteúdos que publica. Esses parâmetros todos são nossos. Construídos socialmente, sim, mas nossos. 

+ VEJA TAMBÉM: Como usar o branding pessoal para conquistar o trabalho dos sonhos

E, de certa forma, o outro precisa corresponder a essas expectativas para conquistar a nossa confiança e credibilidade. Imagem é tudo. 

Não é à toa que a maioria dos que tentam a impressão de profissionalismo e competência cruza os braços na foto. A associação é essa – e você, que tenta fugir do óbvio, que lute pra encontrar outro símbolo de credibilidade em comum com aqueles que pretende conquistar.

Imagem é tudo. Não sou capaz de opinar se é certo ou errado, mas os estereótipos existem justamente pra economizar nossa energia e encurtar o tempo, já tão escasso, pra avaliação do que é bom ou ruim, de como deve ser ou não.

A nós resta nos adaptarmos ao que já está posto. Tem que haver um ponto em comum com quem queremos atingir, de fato. Mas, isso eu defendo a todo custo, precisamos colocar nossa marca. 

Senão fica um tanto artificial, e isso também conta muito. Ou não? 

Você também pode ler esse texto no LinkedIn.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *