Figurino de Carnaval: O que artistas escolheram para subir no trio elétrico em 2020

Figurino de Carnaval: O que artistas escolheram para subir no trio elétrico em 2020

Uma pauta certa no Carnaval de Salvador é o figurino das divas do axé music para os dias que subirão no trio elétrico. E cada ano é uma inspiração diferente, com produções de tirar o fôlego.

Nesse ano não seria diferente. Às vésperas do prefeito entregar as chaves da cidade ao Rei Momo, algumas artistas já revelaram o que o público pode esperar para o Carnaval. A novidade é que os homens também entraram no clima e prepararam produções inspiradoras.

Confira na lista!

Vale tropical

Foto: Divulgação

A cantora Alinne Rosa tem como tema do Carnaval 2020 o ‘O Maior Vale Tropical do Mundo’, inspirado em sua música de trabalho. Para o primeiro dia de bloco, a Rosa apostou num body com desenho de banana e uma melancia é uma laranja em cada manga. Na Pipoca Rosa, que saiu na sexta-feira (21), Alinne usou figurino com referência a cachos de uva.

Mundo animal

Foto: Reprodução/ Instagram Anitta

O figurino de Carnaval de Anitta será todo inspirado no mundo animal. Quem assina todos os looks da cantora para a festa é a Colcci. A informação é do UOL. Trazendo toque sensual à temática, Anitta apresentou sua primeira fantasia na quarta-feira (19), quando subiu ao palco do Camarote Skol, em Salvador, para o Ensaios da Anitta.

Vestida de panda, com uma sobreposição de maiô, mangas bolero e legging fio dental, deixando o bumbum de fora, a funkeira arrematou o look com botas Luiza Barcelos. Duzentos cristais Swarovisk foram distribuídos entre bumbum, coxas e rosto da artista.

Nerfetiti

Imagem: Divulgação

A cantora Margareth Menezes se inspira na rainha Nerfetiti, do Antigo Egito, para desfilar com o bloco Os Mascarados no Circuito Dodô (Barra-Ondina). Assinado pelo Atelier Fabulous, dos estilistas Mário Bentes e Robert Menezes, o figurino da deusa do amor e da prosperidade tem como objetivo destacar as rainhas negras.

Já para o trio Afropop Brasileiro, que desfila na sexta-feira (21), no mesmo circuito, Margareth fará uma homenagem aos 40 anos do bloco afro Olodum. Quem assina é o estilista Céu Rocha.

“A ideia foi produzir um luxuoso macacão em paetê vermelho, que será usado com um max colete dourado com recortes assimétricos em preto e verde, que também compõe as cores do Olodum”, detalha o estilista.

O figurino dos músicos, também inspirado no Olodum, foi criado pelo estilista Junior Rocha, também responsável por todo styling de Margareth Menezes. A beleza é assinada por Ricardo Brandão.

40 anos meio futurista

Imagem: Divulgação

Depois de três anos fora do Carnaval, a banda Cheiro de Amor celebra seus 40 anos no circuito Dodô (Barra-Ondina), na quinta (20) e na sexta-feira (21). A vocalista Vina Calmon ressurgirá em figurinos inspirados no futurismo. Com styling de Emerson Oliveira e Thalles Kitakawa, os dois looks têm inspirações robóticas. Quem assina é Guerreiro Cavaleiro.

Foto: Divulgação

As peças são produzidas com materiais diferentes, como espelhos e acrílicos. Os sapatos, que arrematam o visual, são assinados por Fernando Pires.

O homem do futuro

O ‘gigante’ Léo Santana tem aberto portas no pagode baiano. Além de romper fronteiras com a swingueira, ele também chama a atenção pelas escolhas de styling para seus shows. No Carnaval de 2020, Léo decidiu se inspirar no tema ‘O Homem do Futuro’ para arrastar multidões nos circuitos.

De acordo com informações do site bahia.ba, cada dia na rua será uma sugestão diferente. ‘Guardião da Natureza’, que foca no cuidado com o meio ambiente, o figurino trará o cantor sendo abraçado por ondas. Já no dia ‘Gigante do amor’, cujo objetivo é promover o afeto e realização de desejos sexuais, uma armadura estruturada ao corpo de Léo sugere que ele é o protetor desse direito que todos têm de amar.

Como ‘Defensor da liberdade’, em que se destaca a liberdade de expressão, de sentimentos, desejos e ser quem se é, o figurino se inspira em um anjo da guarda. Léo encerra a série de figurinos temáticos com o de ‘A força da alegria’.

William Costa é o responsável pela produção de moda, coordenando também os trabalhos do Atelier Fabulous com os figurinos. Quem assina o conceito e a direção artística do cantor é Fred Soares. A cenografia foi pensada e executada por Pedro Caldas. Os figurinos do ballet são assinados por Luciano Santana.

Styling dos paredões

Imagem: Divulgação

Estreante no Carnaval de Salvador, Felipe Gama comandará a banda Papazoni com styling inspirado na cultura dos paredões. O figurino foi criado pelo consultor de imagem Marcos Preto, e segue uma linha urbana, com inspiração no street syle.

O destaque é para o figurino do dia em que a banda puxa um trio sem cordas: quando ele aparecerá de ‘Rei do Paredão’. Felipe vestirá uma espécie de armadura em metal contra o preconceito, em fundo preto, numa referência à cor da madrugada, quando acontecem as festas de paredão.

A produção terá detalhes em neon, que lembram as luzes da aparelhagem de som usada nessas festas. A peça é feita de tecido tecnológico, com aplicação de correntes e metais.

Carnaval urbano

Imagem: Divulgação

O cantor Tom Kray, ex-Tomate, puxará o Bloco Fissura, no circuito Barra-Ondina, com um macacão Triton. A marca é destaque em estilo e lifstyle urbano em todo o mundo. A informação foi revelada pelo Caderno 2+, de A Tarde.

O figurino tem como proposta ressaltar o conceito do bloco, evocando o tripé atitude + ousadia + originalidade. O tom preto reforça o aspecto urbano das construções, e servirá de premissa para interação entre iluminação, decoração do trio e o cantor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *