Artigos,  Comportamento

Esmalte, acetona, cutícula e lixa: Veja alguns cuidados para unhas saudáveis

O jornal  O Globo publicou uma matéria sobre hábitos que devemos adotar para manter as unhas saudáveis e as recomendações da Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro me pareceu um tanto surpreendente. Dos quatro hábitos listados, alguns já ouvi como mito e imagino que você também – nada vindo de orientação médica. Desta vez, vem de profissionais, então é bom ficar de olho nas dicas.

A primeira delas foi sobre a lixa, cujo atrito repetidas vezes acaba retirando as camadas de queratina das unhas. Os profissionais não sugerem a exclusão do aparelho dos salões de beleza ou da sua necessaire, mas que a lixa não seja recorrente. Sem a queratina, as unhas ficam frágeis e finas.

Outra coisa que pode deixar as unhas frágeis, conforme a Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro disse ao O Globo, é a acetona. O recomendado pelos especialistas são os removedores de esmalte, já que não contêm essa substância.

(Foto: Reprodução/ Como fazer as unhas)
(Foto: Reprodução/ Como fazer as unhas)

Embora não pareça, a cutícula tem uma função protetora às unhas, portanto, o ideal é que ela não seja retirada. Deixam as unhas com aspecto grosseiro, é verdade, mas são as cutículas que impedem que substâncias e microrganismos penetrem e atinjam a matriz ungueal.

E aquele papo de “deixar a unha descansar” é bem verdade. A Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro recomenda uma semana por mês, pelo menos, sem esmalte. O uso ininterrupto da substância pode causar ressecamento e enfraquecimento das unhas.

Das recomendações acima, o mais difícil pra mim é largar a acetona – por força do hábito mesmo. A cutícula eu já não tiro com frequência, lixa só uma vez na semana e há semanas que nem pinto as unhas.

E você, moça, quais os cuidados adotados com suas unhas?

Curiosa, jornalista e libriana. Mestranda no PósCom/Ufba, interessada nos valores - os meus, os seus, os de notícia e os humanos. Se piscar o olho, o cochilo vem, mas os olhos sempre estão abertos para uma série ou outra que desperte o interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *