Artigos,  Comportamento

Cabelos coloridos: O que você precisa saber antes de mudar o visual

A timeline do Instagram tem ficado mais colorida nas últimas semanas e, daqui para o início da alta estação, aposto que mais tons de azul, rosa e roxo vão dominar nas fotografias femininas. Isso porque tingir os cabelos nesses tons é forte tendência para a temporada Primavera/Verão 2016 e muitas famosas já aderiram. Mas, antes de seguir a moda também, é preciso saber mais sobre o processo e os cuidados para manutenção das madeixas.

A primeira de todas é começar a preparar o espírito para a danificação do cabelo. O hairstylist e colorista de Wella Professionals, Leo Monteiro, explica que esse tipo de coloração, na maioria dos casos, é feita depois de uma descoloração. “E descoloração sempre danifica o cabelo”, diz. Mas como pra toda notícia ruim existe uma melhor, o segredo é ter em mãos recursos de reconstrução e hidratação do cabelo, tratando de forma continuada. A hairstylist e visagista do Sweet Hair Moema, em São Paulo, Lilian Gonçalves, sugere que o tratamento de reconstrução capilar seja semanal. Além disso, a especialista recomenda aplicar cauterização e matizar os fios a cada 15 dias.

“Produtos com vitamina C e fórmulas antioxidantes são bons aliados para quem usa cor artificial ou descoloriu o cabelo. Os óleos antioxidantes, inclusive, se adicionados na fórmula de coloração, ajudam a realçar o brilho e a preservar a cor”, acrescenta Leo.

Katy Perry, Demi Lovato e Lady Gaga já aderiram à moda dos cabelos coloridos (Fotos: Reprodução/ Internet)
Katy Perry, Demi Lovato e Lady Gaga já aderiram à moda dos cabelos coloridos (Fotos: Reprodução/ Internet)

Apesar da seriedade da coisa, dá pra fazer a manutenção em casa mesmo. Entre as indicações de Leo estão o Oil Reflections da Wella, que é poderoso na manutenção da cor e reconstrução dos fios à base de Argan e Macadâmia, além da linha Vitamino Color, da L’Oréal, específica para cuidar de cabelos tingidos. O hairstylist Wilson Eliodorio sugere a aplicação de duas hidratações intercaladas uma semana antes de descolorir os fios. Aos cabelos já coloridos, a dica é aplicar uma camada de óleo da raíz até as pontas, antes do shampoo. “Garante uma ponta selada, hidratada e com muito brilho”, garante.

A leitora Renata Macena contou sua experiência aqui no blog. Embora não tenha colorido todo o cabelo de rosa, mas parte dele, a moça usa hidratação todas as vezes que lava o cabelo com máscara de óleo de coco, abacate e manteiga de cacau, para não ressacar. Os produtos não foram indicação profissional, mas como já tinha a experiência de tingir as madeixas e sofrer as consequências do mal trato, aprendeu. Com o tratamento em casa, Renata já percebe o cabelo macio. “Não ressecou e nem ficou com aspecto de cabelo quebrado, mal cuidado”, comemora.

Especialistas ouvidos, relatos e dicas dados, mas nada de fazer o procedimento sozinha, hein, moça? A menos que você já seja profissional e entendida do assunto. Caso não, o ideal continua sendo buscar um hairstylist de sua confiança. 😉

Curiosa, jornalista e libriana. Mestranda no PósCom/Ufba, interessada nos valores - os meus, os seus, os de notícia e os humanos. Se piscar o olho, o cochilo vem, mas os olhos sempre estão abertos para uma série ou outra que desperte o interesse.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *