Artes,  Moda

Tendências de moda: quais são e como são definidas?

Entra estação, sai estação, e antes mesmo de a próxima chegar já vemos por aí que determinada modelagem ou estampa é tendência. E a gente sempre quer aquela peça-chave ou aquela cor em alta, não é verdade?

A definição dos trends costuma ser reflexo do período em que estamos vivendo e é feita a partir de alguns fatores, como as características do público ao qual se destinam, quais lugares este público frequenta e qual o seu desejo. Nos anos 1990, por exemplo, Nirvana e Pearl Jam inspiravam o comportamento da juventude e a moda passeava entre a simplicidade e o grunge – com jeans e all star.

O consultor de imagem do Ateliê Rosa Magalhães, César Rosa, diz ainda que o senso comum entre as grifes é definidor do processo. Com isso vêm as semanas de moda ao redor do mundo, por meio das quais jornalistas e formadores de opinião ficam sabendo o que estará em alta naquele período. Mas uma vez nas passarelas, o público só adquire aquela tendência cerca de seis meses depois. “O universo da moda sempre está à frente”, resumiu César.

A reunião de pesquisas de tendências, vontades e insights do mercado da moda estão na plataforma online WGSN – utilizada mundialmente e com pesquisas também na área de decoração. De acordo com o estilista e digital influencer GuuhGreen, “lá são analisados, pesquisados e testados possíveis trends”.

E qual deve ser a tendência para a próxima estação?
Já comecem a preparar as peças brancas e os tons pasteis. Na São Paulo Fashion Week, essas cores marcaram presença nas passarelas, junto com vestidos no estilo anos 1960, em A, sobreposições, texturas e recortes vazados na altura da cintura.

(Foto: Reprodução/ Chic)
(Foto: Reprodução/ Chic)

A renda continua em alta também, além de tecidos tramados em rede. Acabamentos sem bainha, calças (curtas, pantalonas e clochard), laços e saias midi (queridinha!!) estarão em alta na estação. A seleção do blog Chic mostra ainda como tendência a assimetria, contraste entre vestidos de corpo opaco e saia transparente (que já vi muito por Salvador desde o final do ano passado), babados e o look like a lady (ou ladylike rs).

(Fotos: Reprodução/ Chic)
(Fotos: Reprodução/ Chic)

Segura que só falta mais um pouquinho: o jeans – que nunca sai de moda mesmo -, artesanato e a brasilidade, principalmente nas estampas. Ufa!

Tem tendência para todos os gostos. Agora é esperar e se preparar para esbanjar estilo nos dias mais claros.

Beijo!

Curiosa, jornalista e libriana. Mestranda no PósCom/Ufba, interessada nos valores - os meus, os seus, os de notícia e os humanos. Se piscar o olho, o cochilo vem, mas os olhos sempre estão abertos para uma série ou outra que desperte o interesse.

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *