Em detalhes: Veja como montar um look básico sem deixar de ser arrumado

Há alguns dias fiz uma enquete no Instagram sobre o outfit favorito dos seguidores. Apresentei nove opções tiradas do Pinterest com looks semelhantes, apesar de algumas diferenças. Os básicos foram os mais populares, com destaque para o look 4, como você pode ver na imagem. T-shirt, jeans, tênis. Nada mais básico do que isso, porém tão arrumado quanto se arrematado com um blazer. O xadrez no estilo Príncipe de Gales, popular na temporaada de outono-inverno 2018, dá aquela pitada de ousadia, já que traz um elemento clássico misturado a uma composição do street style. Veja só esse look em detalhes!

(Foto: Reprodução / Pinterest Look and Chic)

T-SHIRT
As primeiras peças que se aproximam do que hoje conhecemos como T-shirt datam da Antiguidade, quando os romanos usavam uma espécie de túnica dupla chamada camisia, feita de linho branco e usada para proteger da transpiração. A peça veio a ser o que conhecemos hoje depois que ela passou a ser usada pelo Exército europeu sob as camisas do uniforme, por causa do calor nos campos de concentração. O Exército americano se apropriou do uso, chamando o item de T-shirt por causa do seu formato em T. Foi só em 1948 que a peça passou a ser considerada item do vestuário. Vinte anos depois, as T-shirts foram apropriadas por mulheres, se tornando um item unissex. O blog da camiseteria Chico Rei fez um retrospecto histórico sobre a peça, o que vale à pena dar uma olhada para conhecer o passado curioso desse hoje considerado um dos símbolos do street style. Você pode compor seu look básico com T-shirts simples, em cores vibrantes ou neutras, mas também com peças cujas estampas são frases, memes, personagens de desenhos ou séries. E hoje está bem mais fácil encontrar diversidade de T-shirts, ainda bem!

Fiz uma seleção de lugares onde encontrar T-shirts online. Veja aqui!

CALÇA
Utilitária, velha de guerra, pau pra toda obra, peça curinga na hora de montar o look do trabalho. A calça jeans é tudo isso mesmo e foi criada pelo alemão Levi Strauss e o californiano Jacob Davis como roupa de trabalho dos mineradores do oeste dos Estados Unidos. Nos anos 1960 houve uma mudança de paradigma da peça conforme sugere um especial da Revista Glamour, depois que a “Bonequinha de Luxo” Audrey Hepburn usou um denim sequinho no filme, e a própria Marilyn Monroe diferenciou sua sensualidade ao vestir o modelo 501 da Levi’s. Daí então o jeans foi se popularizando e aparecendo em diferentes modelos: boca de sino (ou seria flaire?), cigarrete, MOM’s jeans (que nos anos 1990 eram só “jeans” mesmo), corsário, skinny. Embora base de um look básico, alguns detalhes podem tornar sua peça um pouco mais diferenciada – sejam puídos (aquele rasgadinho), bolsos estilizados, aplicações ou lavagens do jeans. Qual sua escolha?

TÊNIS
De acordo com o artigo “Origem do tênis e preferências regionais”, o calçado surgiu entre as décadas de 1860 e 1870, como uma espécie de sapatilha em couro fechada por um cadarço, para prática do ciclismo. O primeiro tênis específico para a prática de corrida surgiu em 1920, com conceito leve e confortável, produzido em couro. Numa citação de Lucena (2009), os autores do artigo lembram que a popularização do tênis só veio a acontecer em 1950, quando se transformou num dos símbolos da juventude rebelde. Trinta anos depois, com a valorização dos esportes e da inclusão das roupas esportivas na moda, o tênis ganhou mais prestígio, por assim dizer, e dominou as ruas. De um calçado de borracha e tecido, hoje esbanja tecnologia e estilo – principalmente estilo. Está na moda agora trazer para o street style tênis que lembram gerações passadas. O branco, clássico dos anos 1990, dominam os pés há algumas temporadas; e agora tenta ocupar esse espaço os Ugly Sneakers, os chamados “tênis do papai”. Talvez com este último seja um caminho para você que querer dar um tempero no seu look básico. Vale pensar!

BLAZER
A terceira peça é mesmo o diferencial de qualquer composição, e o blazer, em especial, é o responsável por tornar arrumado o visual composto por peças tão básicas. Originalmente, o blazer é um paletó tradicionalmente azul-marinho com botões de metal, inspirado no paletó usado pela marinha britânica no século XIX, segundo o livro Cronologia da moda: de Maria Antonieta a Alexander McQueen. Ao longo desse tempo algumas adaptações foram feitas, das quais podemos destacar a apropriação da peça pelas mulheres, em período semelhante àquele em que começamos a nos inserir no mercado de trabalho. Outra adaptação foi a diversidade de cores e estampas no blazer. Os tecidos xadrezes marcaram o período da Segunda Guerra, por exemplo. Hoje, se tornaram um clássico. O Príncipe de Gales é um deles, inclusive, o vencedor da enquete lá no Instagram. Mas dá pra tornar arrumado o seu look básico com blazer em cores neutras ou aplicar um tanto de personalidade com aqueles que sejam estampados.

Compartilhe com as amigas
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *