É necessário ser feliz sozinha

Dizem por aí que a melhor companhia que poderíamos ter é a nossa própria. É um bom começo sobre as verdades da vida que precisamos aceitar. Por mais que nos cerquemos de pessoas, deixemos a televisão no volume máximo ou escutemos nossa música preferida no looping infinito do repeat, precisaremos encarar quem somos em algum momento.

No fim de domingo, em que só queríamos esquecer o recomeço da rotina no dia seguinte enquanto comemos alguma coisa gostosa com a companhia dos sonhos, mas na verdade terminamos com o delivery de pizza e a série de dramas da vida real. Não tem Mário Alberto, nem Luiz Gustavo, ou mesmo o Dom Juan da faculdade. É a Netflix, alguns pedaços de pizza e nós mesmas.

Mas poderia ser no meio da semana também, depois daquele dia de cão. Sobreviventes, só queríamos alguém pra nos acompanhar no McDonald’s, comer um cheddar e morrer de rir. Se dermos a sorte de fast-food no caminho de volta pra casa, seremos apenas o sanduíche e nós.

Talvez a partir de agora façam mais sentido aqueles mantras de coach de auto-ajuda: “você é a sua melhor companhia”, “se não souber apreciar a sua própria companhia, como apreciará a do outro?”, “saiba ser feliz sozinho antes de ser feliz com alguém”… Aquele blá blá blá também atribuído a Clarice Lispector.

De todo modo, devemos ser obrigadas a reconhecer: ser feliz sozinho é a chave. E, veja só, quem sabe esses momentos de solitude não sejam necessários para que aprendamos a respeitá-lo quando os momentos acompanhadas se tornarem mais frequentes? É tipo a metáfora das máscaras de oxigênio: é preciso estar bem primeiro, enquanto ser individual, para que se consiga estar com o outro, ajudar o outro.

Guardemos só uma recomendação para nós: quando estivermos em nossa própria companhia, que saibamos nos tratar como a deusa que somos. Que aprendamos a nos dar o valor que temos e, a partir de então, que aceitemos apenas aquilo que de fato merecemos.

Isso também é ser feliz sozinha. Isso, principalmente, é respeitar nossa companhia de vida: nós mesmas.

Compartilhe com as amigas
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *