Artigos,  Comportamento

A vantagem dos 4B: Batom bom, bonito e barato

Dia desses tava num fogo doido de deixar meu rico dinheirinho na Bel Salvador, mas sem gastar muito (kakaka lua em gêmeos), e aí investi em duas coisas baratinhas. Uma delas é o esmalte Fusion, que eu devo fazer uma resenha bacaninha pra vocês nas próximas semanas. A outra é um batom Anaconda que eu resolvi arriscar.

Preciso ser bem sincera com vocês, porque a gente tá aqui pra isso. Eu tinha o maior preconceito com batons que não fossem de marcas famosinhas e caras, tipo Avon e Natura (sei que tem mais caras, mas realidade é realidade, né, mores?), e esse batom Anaconda custa menos de R$ 9 temeres. Daí vocês já tiram…

Batom Anaconda Matte Love
Batom Anaconda Matte Love

Como estava com uma prima que já tinha usado produtos da Anaconda, decidi correr o risco. Ela me disse que o batom era ótimo, tinha um efeito matte bacana e não saía com facilidade. Mas quando a esmola é demais, a santa desconfia! haha

Aí, tá, comprei o Anaconda Matte Love. Moral da história: gostei; é bom, bonito e barato.

É preciso colocar muita força pra cor poder pintar a boca – diferentemente desses batons mais reconhecidos no mercado -, o que torna a aplicação bem desconfortável. Se o efeito é matte, é daquele bem inovador ao qual eu nunca tive acesso antes kaka, porque me pareceu mais o efeito de um batom cremoso. Claro que ele é mais sequinho do que o cremoso que estou acostumada, mas visualmente não parece ser muito matte, não. Tanto que ele nem craquela, como costumam os batons daquele tipo.

Gosto da pigmentação, da tonalidade e da fixação desse batom Anaconda
Gosto da pigmentação, da tonalidade e da fixação desse batom Anaconda

Agora, sim, migas: a fixação desse batom é tudo. Dia desses usei ele pra gravar um vídeo e quatro horas depois ainda tinha batom nos meus lábios, quase intacto, mesmo depois de eu ter comido. hehehe Claro que nas extremidades do batom eu não garanto muito, porque ele borra bem fácil. É, tipo assim, o batom fica na boca e no entorno dela. HAHA Bizarro isso.

Um plus pra compensar: o batom é pigmentado, uma variação de vermelho bacaninha que ameaça puxar pro melancia. Gosto. O custo-benefício aprova essa sugestão de cosmético. Não dá pra ter uma coleção de batons super caros, né? A gente tem que experimentar outras coisas, pelo menos é o que minha realidade me grita todo dia. rs

nem parece aquele matte que a gente conhece, né?
nem parece aquele matte que a gente conhece, né?

Vocês já usaram algum batom Anaconda?
beijo!

Curiosa, jornalista e libriana. Mestranda no PósCom/Ufba, interessada nos valores - os meus, os seus, os de notícia e os humanos. Se piscar o olho, o cochilo vem, mas os olhos sempre estão abertos para uma série ou outra que desperte o interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *